My Photo
Name:
Location: Porto, Portugal

Quando morrer, talvez tenha uma ideia formada sobre mim, se o destino me der esse luxo.

Tuesday, November 27, 2007

Um Eu sem sombra





Um Eu sem sombra


Eu sou o teu CORPO de jasmim
Não te conheço mas estás em mim
Não sei bem o que cá dentro temos
Só pressinto que nos queremos.

Sinto o teu aroma e a tua doce aragem
Que se vai e não me deixa uma só miragem
Está tudo tão certo e tudo tão errado
Tudo tão nítido e tudo tão misturado.


O que é, o que diz, o que sente que se desfaz?
O que será de ti se nem sequer me consigo definir?
A quem pertences, com quem te queres confundir?
A quem sorris e de quem é teu rosto fugaz?


Desesperado, alentado ou simplesmente desatento
Fazes-me sentir que nunca me escondo e te pertenço
Pensas como eu e como tu me despeço
Faço-te fugir porque não me conheço.


De dentro para fora da mente
Como uma convulsão ardente
Será que são moinhos de areia ou de vento
Ou desejos incontidos de uma vida decadente?


Bates-me, esperneias e gritas silenciosamente
De uma forma sossegada, sensível e paciente
Consegues medir a distância que já não nos separa
A batida do coração que se confunde e nos amarra.


Que se cruza em linhas rectas de um circulo por definir
Que se esbate no beijo que não sai do sonho e do devir
Talvez tu queiras, talvez eu te fuja por algo que me deu
Talvez tenhas receio ou já não sejas mais que o meu “Eu”.


Eu sou o teu ESPIRITO expurgado de despeitos
O Eu que existe sem regras ou preconceitos
O ser que anseia por ficar para sempre um só
Aquele que tu anulas sem piedade nem dó.


Consciência livre e rebelde,
Coração que rebenta a cada voo picado,
Que renasce a cada abraço marcado
Abre os braços, respira e recebe.


Não sinto nada pois estou completamente vazio
Saí de mim, finalmente deixei-te corpo meu
Abandonei-te á sorte do vil destino que pereceu
Troquei as tuas dores pelo meu eterno desvario.


Até o fado se ri dele tal é o seu desnorte
Cambaleia no escuro, errante e ferido de morte
E faz-me lembrar o que eu passei com ele
Ou antes, o que eu perdi por causa dele.


Morre corpo fétido que a ninguém dás prazer
De ti não sinto pena ou misericórdia sequer
Pois é pelo que sou que de mim têm gosto
E não pelo que pareço ou até pelo meu rosto.


Para ti corpo, adeus, pois de novo nasci
Posso ser a criança que ri sem preconceito
Posso ser quem eu sempre pretendi
Tendo o sonho e a minha vontade a preceito.



Agora vivo pelo prazer de nome não ter
Pela alegria de já não ser nem de viver
Por uma imagem no espelho para rever.
Serei apenas a essência que voltou a nascer



Eugénio Rodrigues

Foto de Rosalina Afonso

Sugestão Musical - Keane, Try

36 Comments:

Blogger Som do Silêncio said...

Olá Pierrot!

Já tinha saudades de te ler, sabias?
O teu regresso foi em grande...

Bjs

9:14 PM  
Blogger cruelenelcartel said...

Um regresso em grande.
Já tinhamos saudades.
Bjs

5:17 PM  
Blogger missixty said...

Penso que já me tinhas falado na Rosalina Afonso. Tens toda a razão, ela é optima fotografa! Lindíssimas as fotos que acompanham muito bem com os teus belos poemas!
beijos miss

6:28 PM  
Blogger Fa menor said...

Mas que lindo, Eugénio!
Um regresso altamente!
Fiquei sem respiração... bolas!

Bjinhos

Fa-

2:54 PM  
Blogger Viola De Lesseps said...

bravo

(...)

como só tu sabes fazer.

Que saudades!!

jokas

6:50 PM  
Blogger Cetim said...

Lindo Eugénio.... saudades da tua escrita...

Beijo suave__Maresia

3:29 PM  
Blogger su said...

Sim, sem dúvida regresso em grande. É uma prenda que nos ofereces, a nós, teus saudoso leitores, este teu poema em forma de ode...delicadamente elaborado entre os aromas de que falas de jasmim e dos sentimentos eternecidos e obscuros da alma...da alma que se eleva de novo das cinzas, como aquela história antiga da Fénix...

Saudades de te ler, meu Pierrot colorido! Por onde andavas?!

Então, já conseguiste ver o filme de que falei na Teia? Deixei lá outro excerto de película.

Um beijo grande e bom fim de semana.

6:06 PM  
Anonymous inquietaspalavras.blogspot.com said...

Pois é, Pierrot, até eu (que não o conheço, directamente) tinha vontade que voltasse a escrever! Deu para apreciar melhor o "olhar"!!
Percebo agora a demora... :) Espero que se entusiasme.

6:16 PM  
Blogger um pouco de mim de ti said...

Adorei o teu blog...parabens...voltarei sempre...beijinhos
Marta

2:35 PM  
Blogger Cöllyßry said...

Olá Pierrot,de regresso e muito bem
foi doce este momento,

Doce tambem meu beijo

htttp://olharindiscreto.blogs.sapo.pt/

12:04 AM  
Blogger as minhas palavras said...

Um beijinho de boa semana :)

pipoca

1:59 PM  
Blogger Um Momento said...

Que belo Momento!!!!
Parabéns!!!
E que bom é ter-te de" volta"
Deixo um beijo desejando um lindo dia !!!

(*)

2:40 PM  
Blogger su said...

Mas tenta "arranjar" tempo e vais ver que é um filme que vale todo o seu "peso" de tempo em ouro: simples e esteticamente genial e bonito.
Sabes, umas vezes, vou dormindo, outras acordando...outras deambulando. A vida é mesmo um pouco isto e aquilo e aqueloutro!

: )

Beijos aqui da Teia.

5:03 PM  
Blogger pin gente said...

olá
já cá não vinha faz tempo e reparo que estiveste desligado.
bom regresso!

a sombra ainda ficou escondida mas também ela voltará.

abraço
luísa


ps - jantar convívio no porto. visita o meu blog (post de 27 de novembro)

7:03 PM  
Blogger Mel de Carvalho said...

Bom saber-te de volta, amigo Pierrot.

Um poema enorme em tamanho e qualidade.

E...
para que comeces em grande estilo, deixo-te um desafio lá no meu blog.
Aceita, Pierrot...

Beijito da Mel
www.noitedemel.blogs.sapo.pt
(tenho já um blogspot, mas só para fazer comentários ... ainda não mudei de casa, falta de tempo)

7:05 PM  
Blogger RealSmile said...

Grande regresso de facto. Adorei :) ***

9:21 PM  
Blogger MARTA said...

Lindo, Pierrot...
Doce, suave....apaixonante...
Gostei imenso...
Beijos e abraços
Marta

3:33 PM  
Blogger NARNIA said...

Oh, finalmente de volta!!!
Encantador como sempre, as palavras envoltas em suaves aromas...
Já tinha saudades de te ler.

BJGrande

11:42 PM  
Blogger belakbrilha said...

Pierrot
há quanto tempo???
...mas valeu a pena esta espera
Um poema grande e gandioso!

BELOOOOOOOOO!

beijos

11:53 PM  
Anonymous Anonymous said...

Não te consigo esquecer
Porquê?
Talvez seja a saudade que trago de alguém que não conheço
Ou então do beijo que não esqueço
Aquele beijo que foi fogo ardendo suavemente
Ou então do sonho em que o teu corpo toca o meu
Deixando de existir o certo e o errado
Ou então da lembrança do teu olhar
Aquele olhar que cortou o vazio no meio da multidão
Não!!
Não te consigo esquecer
Porque não te quero esquecer

12:28 AM  
Blogger Cöllyßry said...

Vim deixar uma doce beijoca___________

6:10 PM  
Blogger su said...

Vim ver se já havia novidades...já agora, na Teia deixei um desafio para ti!
Beijinhos grandes.

7:30 PM  
Blogger missixty said...

Isto está parado...o amor deve-te ter raptado! ehehe!
beijinhos miss

3:45 PM  
Anonymous Anonymous said...

O nascer de uma paixão...ou será amor.
Lindoooooo!
Carla

10:53 AM  
Blogger Catarina Alves said...

Olá Eugénio,

ainda bem que regressaste... eu também estou de volta.

Por vezes é necessária uma pausa, e eu aproveitei-a para fazer umas modificações...

Beijinho para ti

(Nani)

10:58 PM  
Blogger Pipocas said...

O "cantinho da pipoca", ficou perdido por ai, devido a eu própria ter perdido a palavra pass. Com isto tive que criar outro blog sobre mim.. aqui está! "www.pipocas-pipocas.blogspot.com" é a nova aquisição ;)

Eheh Beijooss**

3:27 PM  
Anonymous cõllybry said...

Hoje desejo… que a Harmonia neste Natal desça sobre ti
Em forma de chuva de pétalas.

Doce beijo

9:46 PM  
Blogger missixty said...

Isto continua parado, mas vim desejar-te na mesma um Feliz Natal!
beijinhos susana

9:28 AM  
Blogger su said...

Feliz Natal...tudo de bom para ti, envolto em fios de muito amor e carinho.

Beijos aqui da Teia.

1:10 PM  
Blogger João JR said...

Natal é sempre que nós quisermos..por isso, feliz natal sempre! E um 2008 cheio de saude, paz e amor.. E muita luz no mundo!
Beijinho grande para ti:)

4:27 AM  
Blogger barb michelen said...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

8:34 AM  
Blogger Pedro Gamboa said...

Um abraço para ti!
Sabias palavras...

7:40 PM  
Blogger Arco-íris said...

Ge...fazes falta...

7:53 PM  
Blogger Arco-íris said...

This comment has been removed by the author.

7:53 PM  
Blogger Fa menor said...

Que este Novo Ano seja repleto de Paz e de Bençãos de Deus nas vossas vidas!

Beijinhos

Fa-

11:28 AM  
Blogger MIGUEL RIS BARROSO said...

o teu eu tem sombra!
A SEIVA

3:53 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home