My Photo
Name:
Location: Porto, Portugal

Quando morrer, talvez tenha uma ideia formada sobre mim, se o destino me der esse luxo.

Tuesday, March 04, 2008

Engraçado


Engraçado...


Estes humanos são tão estranhos.

Se o céu é tão bonito, porque razão chamam de loucos aqueles que andam sempre a olhar para cima? Porque não admirar este azul celeste em vez de enfiar os olhos no chão?


E já agora, porque dão nomes a tudo se se esquecem do mais elementar que é apreciar as coisas a que dão os nomes.


Eu cá não sei, porque sou um simples gato, e dos pecanitos, mas eu não distingo os humanos pelo José e pelo Silva. Para mim, é o Humano que me faz festinhas e o Humano que me ignora.


E que estranha mania de porem regras em tudo. Nós animais não temos regras nem sabemos ler, mas conseguimos conviver. Não sei que nome os Humanos lhe dão, mas creio ser qualquer coisa chamada bom senso. Curioso que aprendemos isso e não temos escolas, livros ou policias.


Bom, acho que vou indo. Não tenho nada para vos dar e também não espero mais nada de vocês do que festinhas. Mas acho que vocês não entendem isso pois normalmente vejo-vos receber algo sempre que dão qualquer coisa. Mas isto se calhar, são coisas de um gato tonto, que não percebe nada da vida e que adora, simplesmente, olhar o céu!


Eugénio Rodrigues, Março 2008

Foto de Rosalina Afonso

Sugestão Musical - Viggo, "Eso es" http://br.youtube.com/watch?v=3Uum6Ws0_fI

15 Comments:

Blogger Arco-íris said...

O texto, a música a foto está tudo em sintonia...perfeito...e cm sei que foi tudo escrito sem interrupções ou correcções estás de parabens(cm sempre alias...escreves cm ninguem)...

"Humano que me faz festinhas e o Humano que me ignora."
De facto nós humanos somos uma surpresa para o bem e para o mal...
A vida é uma ironia boa...tens razão...

Beijinhos ...muitos...

6:47 PM  
Blogger tufa tau said...

vieste pedir-me um colo que não quero negar
doce e terno o teu pêlo de animal arisco
afago-te com as duas mãos com desejo de amar
minha pele na tua sentirei que faísco

9:56 PM  
Blogger Fa menor said...

Olá amigo!
Eu gosto de dar festinhas sem esperar nada em troca...
mas às vezes também gosto de festinhas! Quem não gosta?

Assim, se não te importas, deixo-te aqui umas festinhas, e um beijinho.

Fa

12:04 AM  
Anonymous Secreta said...

Na minha opinião , deveria existir sempre um "tipo " de sintonia , entre o dar e o receber.
O carinho , o amor , o afecto são essenciais .
Gostei desta "visão" de vida do gatinho :)
Beijito.

9:00 AM  
Blogger Carla said...

tanto que temos para aprender com esta sabedoria felina...belas palavras
bom fim de semana

12:01 PM  
Blogger cruelenelcartel said...

Ah pouco numa formaçao, nao sei de onde me saiu isto, mas acabei a dizer que os homens azuis do deserto, que vivem numa realidade em constante movimento (areia) tem que olhar para cima e orientar se pelas estrelas. Responderam me que quando estamos perdidos num labirinto, seria ideal poder crescer uns metros e ver a saida, olhando por cima. Seja como for gosto da ideia de olhar para cima, de tentar ser empre mais altos.
Hoje na visita ao teu blog lembrei me de uma frase do Kalil Gibran "o poeta é o ser mais proximo dos deuses e dos animais"

9:30 PM  
Blogger Isabel said...

Aqui está uma Humana que gosta de olhar o céu, gosta de gatos, tem poucas regras, também não tem muito bom senso, não tem muito para dar mas dá tudo o que tem, e gosta muito de te ler e não se esquece de agradecer: obrigada amigo Pierrot pelas tuas visitas e pela sensação boa que é saber que escreves e que o que escrevemos é apreciado por pessoas como tu... muito obrigada.

Isabel

5:22 PM  
Blogger Cöllyßry said...

Olá lindo Pierrot...adorei a visita...Dar e receber é permuta onde o amor habita...

Gostei de voltar...

Meu doce beijo e terno olharindiscreto

6:58 PM  
Blogger NARNIA said...

Eu sou naturalmente distraída,por isso ando sempre nas nuvens,e a olhar o céu.
Dou mimo sem esperar retorno, dou pq gosto pq quero e isso faz-me sentir bem.
Beijinho

10:11 PM  
Blogger sónia said...

Os humanos tanto podem ser interessantes, como esquisitos, mesmo..muito engraçada a tua reflexão!

beijo

10:45 AM  
Blogger lisa said...

Gostei da tua história.

Deixo -te um beijo.

9:35 PM  
Blogger Um Momento said...

E eu fiquei aolhar...
A pensar...
Como tem razão este gatinho...
Uma festinha ...é tão bom...
Sem ter que receber nada em troca...
Olhar o céu é magnigico...quer chova ou faça sol...
Bem... acho que vou fazer companhia ao gatinho se ele não se importar mas antes quero um beijo terno ao "Pierrot" soprar:)))

(*)

6:06 AM  
Blogger Betty Branco Martins said...

querido__________Pierrot




a foto______está



LINDA!!!:)






(adoro gatos tenho dois)




a história é uma



ternura:))



.os animais reconhecem

o valor

de

receber.e.dar.um.carinho



sem


esperar____nada em troca_________...














beijO c/ carinhO

2:36 AM  
Blogger Sumaya said...

Que gatinho masi sabido esse!Bom post, gostei de ver através de olhos de gato... ^^

2:45 PM  
Blogger cruelenelcartel said...

Os animais sao realmente capazes de dominar linguagens que nós, ás vezes esquecemos.
Bjs

12:25 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home