My Photo
Name:
Location: Porto, Portugal

Quando morrer, talvez tenha uma ideia formada sobre mim, se o destino me der esse luxo.

Thursday, November 02, 2006

Ser feliz é?

Ser feliz é ser "autor da sua própria História".
Esta é uma citação de um poema de F. Pessoa que me diz quase tanto como o meu próprio nome.
Meus amigos, desta feita o post que faço é um pouco diferente do habitual.
É uma espécie de desafio.
Eu dei o mote e agora deixo-vos a pergunta:
E o que é ser feliz para vocês?
Cumprimentos a todos deste Pierrot na idade dos porquês...
Eugénio

78 Comments:

Blogger Fúria das Águas said...

Poucas pessoas veem o que sentimos, quem sabe vc viu algo que outras pessoas não veem.
Quanto ao teu desafio, sempre achei que a felicidade não existe, mas que existem momentos felizes, pois nunca estamos completamente feliz. E é tão bom sorrir e estar feliz, mesmo que por alguns momentos.
UM beijo querido Eugenio
Fica bem

2:01 PM  
Blogger Pierrot said...

Furia das aguas:

Respeito a tua opinião e entendo que para ti a felicidade seja apenas uma etapa transitória e fugaz na nossa vida.
Obrigada por teres aceite responder ao desafio.
Bjos daqui
Eugénio

3:43 PM  
Blogger lisa said...

Olá pierrot eu tenho mesma opinião que a "fúria das águas", penso que não existe felicidade mas sim momentos felizes e menos felizes.
No entanto nesses momentos felizes aproveito cada instante para disfrutá-los.

:-)

Beijo.

3:58 PM  
Blogger Pierrot said...

Lisa:

Boa...
É a tal visão progressiva e construída da felicidade na nossa vida. Repara que até nem anda longe da minha perspectiva pois quando eu digo que é ser autor da minha própria históriia, sgnifica isso mesmo, é chegar um dia e poder dizer que, eu construi a minha felicidade...

Bjos daqui e obrigada por teres participado.
Eugénio

4:07 PM  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Estou ali sentada.
Sentada outonalmente a sentir a tua questão.

Quando madrugar virei responder!

Se é que consigo....

6:25 PM  
Blogger Pierrot said...

Estranha pessoa esta:

Sim, és tu que lá estás...
Ao longe, deitada e a pensar porque te sentes assim tão estranha!!!
E cá ficarei eu à espera, ao fundo do jardim, que te levantes e me venhas contar, como é que és feliz!
Bjos daqui
Eugénio

6:32 PM  
Blogger Nani said...

Não serei a autora da história da minha vida, sinto-me mais como a actriz principal desse guião tão original e imprevisto que a maior parte do tempo é feito de improvisos!!
E talvez por assim me descartar de alguma responsabilidade do final que desconheço ... sou feliz sempre!!!

6:47 PM  
Blogger MARTA said...

É sentar-me com o vento, rimar e deixar que ele me conte histórias.
É apreciar aqueles pequenos momentos a que ninguém liga e se tornam importantes quando se mergulha na angústia.
Beijos e abraços
Marta

P.S.: Obrigada pela visita

7:43 PM  
Blogger Nani said...

Ser feliz.... o que é ser feliz?

Boa pergunta Eugénio...

Para mim, hoje, ser feliz é atingir-mos os nossos objectivos, mas o principal é... é...

É podemos receber carinho daqueles de quem mais gostamos... não falo necessáriamente de namorado/marido, não, falo de familia, amigos...

Carinhos espontaneos, mas profundos...não carinhos forçados...

Sabes, dei carinho sem que mo pedissem por palavras... estiquei a mão para uma pessoa amiga que precisava,tentei que ela sentisse que não estava só, e... pelo bem-estar que lhe tentei dar... e porque quando ela está bem, eu também estou...

Eu por momentos fui feliz...

Abraço grande

Nani

9:30 PM  
Anonymous Anonymous said...

Pois é... "A felicidade exige valentia". Este é um dos meu poemas preferidos de Pessoa. Não é difícil ser feliz, no entanto as pessoas acham que a felicidade não existe!!! Mas porquê??? A resposta de Pessoa seria: "Existe sim, mas nunca a encontramos
Porque ela esta sempre apenas onde a pomos
E nunca a pomos onde nos estamos." A dificuldade em encontrar a felicidade está em não saber guardar as pedras que encontramos no caminho e assim não dá para construir o castelo.
Ser feliz é? - Eu sou feliz porque as coisas mais triviais me dão prazer. Como por exemplo, o cheiro a terra molhada, ou então ter a valentia para responder ao teu post. :)

Beijo
Laura

9:34 PM  
Blogger Ni said...

Sorrio-te...
(Gosto de sorrir)
...
A tua pergunta teria a inevitável resposta dos 'momentos de felicidade'... e não do 'estado de felicidade'... (e é correcta)...

...também dos 'instantes de eternidade' (e é assim mesmo...)... pequenos-aparentes-nadas que, contudo, são mundos totais... porque contêm em si a força da busca de toda uma vida.

Só que a felicidade é um destino que não tem chegada, não tem terminus.
Há pausas na caminhada, em que nos permitimos SER, DAR, RECEBER... e sentir afecto, emoções. Com respostas ou questões... com arrepios de alegria ou desafios... a nossa alma de pássaro que não se rende sabe (sabe mesmo, Eugénio) que a felicidade está em IR... em não estagnar... em fluir...

E mesmo nas perdas... mesmo na água e sal que nasce do olhar... há sabor a felicidade.

Sabes? É que só é infeliz (ou menos feliz) quem conheceu o sabor a vento e plenitude da felicidade. Logo... até nesses momentos ela está presente... na memória do instante pleno... breve...que passou.

Deixo-te um texto meu, que poderás apagar depois, onde aparentemente a tristeza impera.

Engano...
Mesmo ausente... a felicidade que existiu, perpetua-se na memória de quem e do que somos.

Ni*

Excertos de Emoções...
(...)

**Nin@**

E é aqui, na memória, que reconstituo os passos que me levaram ao centro de ti,
passando os ventos e os barcos,
mergulhando em pássaros e luas,
ouvindo a tua voz que não cessa.
Como um sopro, subindo por mim, maré e monte, deserto e fonte, até ao cume da alma...
Lá...
Onde digo o teu nome,
num baptismo de espumas ébrias,
por entre o tumulto das saudades...
As que não se diluem em esferas, tempos, idades, esperas.

E sigo...
Dominando o leme que empurra este rumo de acaso.
Como se o destino não estivesse escrito na determinação dos teus lábios... que se calam, negando-me a palavra...
como barcos que o horizonte rejeita...

E é na memória do teu ausente abraço, que o meu ser mulher se deita...

(...)

Nina

Lisboa, 22/2/2004

10:34 PM  
Blogger belakbrilha said...

O que é ser feliz???

Pergunta difícil!...momentos felizes, sim existem!...ser feliz, é aproveitar ao mássimo enquanto duram????...isso é ser feliz???

Faço o retorno da pergunta...o que é ser feliz????

10:54 PM  
Blogger sentidos said...

Meu amigo!! Estremecete o meu espaço com o teu comentário...e que comentário...os meus sinceros agradecimentos.
Quanto ao teu desafio...considero a felicidade um estado de espírito temporário...ou seja...feita de momentos...

um abraço sentido

12:24 AM  
Blogger karla said...

será que alguém consegue responder, confiantemente, a essa pergunta? Ser feliz é tanta coisa, não é....?

beijinhos

11:20 AM  
Blogger missixty2000 said...

Ser feliz é perder a noção do tempo!Ser feliz é acordar de manhã com um sentimento de espectativa e um sorriso nos lábios.Ser feliz é sentirmo-nos livres!Ser feliz é estar apaixonado e ser correspondido!Ser feliz é alcançar os objectivos e superá-los!Sermos felizes é sentirmo-nos plenos na nossa pele!Ser feliz não é uma contante na vida, mas é sempre a meta a atingir!beijos
tens lá uma resposta no meu blog

12:27 PM  
Blogger Pierrot said...

Nani Pinto:

Pegaste muitissimo bem na citação de Pessoa pois não deixa de ser muito importante para a nossa felicidade que nos sintamos como protagonistas da nossa própria vida, que tenhamos auto estima e até algum egocentrismo.
Bem apanhado e com um excelente Argumento ;-)

Bjos daqui cara Doutora
Eugenio

1:56 PM  
Blogger Pierrot said...

Marta:

Por vezes ser feliz é estar apenas sentado ao vento, também concordo.
Bjos daqui
Eugénio

1:57 PM  
Blogger Pierrot said...

Nani:

Sem mais...indubitavelmente.
Quando se é amigo, quando se é sincero ou mesmo quando se ama, ser feliz liga-se irremediávelmente aquele ou aquela a quem queremos fazer feliz.
Boa perspectiva
Bjos daqui
Eugénio

1:59 PM  
Blogger Pierrot said...

Ni:

Uma vez mais fico honradissimo com a postagem deste teu trabalho.
Tu escreves como o vento tal é a facilidade e clareza com que expões o que te vai na alma e isso é um dom.

Adorei a tua definição de felicidade que está muito bonita.
Penso que é quase unânime nestes comentários que a felicidade se faz de pequenos momentos e acaba por ser mais mais do que a soma das suas partes.

Irei reter a frase com que rematas o comentário:
"E é na memória do teu ausente abraço, que o meu ser mulher se deita..."

Foi o vento que te segredou isto... :-)
Bjos daqui e gracias
Eugénio

2:03 PM  
Blogger Pierrot said...

Laura:

Deus está nos pormenores e quando dizes que a felicidade está nas pequenas coisas como o cheiro a terra molhada, vejo que partilhas da mesma opinião.
Quanto à tua valentia por comentares neste cantinho, olha que não, não por não seres valente, mas porque este espaço e as ideias que por aqui perpassam são singelas e descomplexadas.
Bjos daqui e gracias pelas tuas simpáticas palavras.
Eugénio

2:07 PM  
Blogger Pierrot said...

Belakbrilha:

Terei todo o gosto em dizer-te algo mais sobre o que penso da felicidade no teu blog pois assim é uma oportunidade excelente para o conhecer.
Desde já agradeço-te por me visitares, penso que pela 1.ª vez e faço votos para que te divirtas por aqui.
E felicidade também está no carpe diem, pelo menos por quem pensa a vida dessa forma.
Bjos daqui
Eugénio

2:10 PM  
Blogger Pierrot said...

Sentidos:

Também concordo contigo quando falas que felicidade se faz de momentos e circusntâncias.
Ainda que possamos ter diferentes primas da felicidade, este é um deles e porque não.
Não precisas de agradecer os meus comentários no teu blog pois fi-lo de bom grado.
Abraço
Eugénio

2:11 PM  
Blogger Pierrot said...

Karla:

É verdade.
É dificilimo responder a esta pergunta pois felicidade é algo muito cinzento e de dificil adjectivação. Ainda por cima cada cabeça sua sentença.
Gracias e bjos daqui
Eugénio

2:13 PM  
Blogger Pierrot said...

Missixty:

É verdade.
Conceitualizaste com exemplos bem práticos sobre o que é felicidade, para muitas pessoas e sobre muitos planos.
Mas acima de tudo também concordo contigo quando dizes que a felicidade não é o fim em si mesmo mas o percurso para...
Bjos daqui e já por lá passei no teu cantinho.
Bjos daqui
Eugénio

2:14 PM  
Blogger Dafne said...

Olá Eugénio
Passei por aqui para desejar um bom fim de semana.
Partilho a opinião da "fúria das águas", a felicidade não existe, existem sim momentos felizes (às vezes).
Também sou de opinião que esses momentos felizes dependem exclusivamente de nós próprios.
E quanto ao conceito de felicidade é muito subjectivo. O que é bom para mim, pode não encher as medidas aos outros.
Um beijo

4:51 PM  
Blogger Pierrot said...

Dafne:

De facto tens razão
Todos têm ao cabo e ao resto...
Mas carambas, podiam poetizar um pouco a coisa não ;-) !
Eu como gosto de vos ver escrever e de vos ler, não me importava nada que por aqui se espraiassem ;-)

Bjos daqui e gracias cara amiga
Eugénio

5:46 PM  
Blogger .*.Magia.*. said...

Ser feliz é sermos nós mesmos.
A Felicidade não existe na forma de algo que se alcança...
O que existe são momentos que nos fazem felizes...

Quantos mais melhores...e se forem intercalados com momentos menos felizes, masi valor daremos concerteza a esses tais momentos felizes...

A felicidade?
Sou eu, és tu, é ele, somos nós, são vós e eles...

Somos o produto daquilo que fazemos por nós!

Já passei por aqui algumas vezes...hoje vi-te lá na Estranha Pessoa Esta com uma confusão entre ser normal e anormal...
Não te confundas...és o que és e prontesssss...Rótulos???? têm os frascos de compota...eu gosto muito dos rótulos encarnados...geralmente são compotas de morango...

Com esta me vou...e mais não digo porque não me apetece dizer mais nada!

6:05 PM  
Blogger Zélia said...

Ser feliz é estar rodeada por pessoas que amo!
Ser feliz é fazer as coisas que eu gosto!
Ser feliz é poder ter tudo o que desejo!
Ser feliz é estar a sorrir :)


No fundo ser feliz é sentir-me bem comigo e com os outros :)

Bjinho cheio de felicidades para ti :)

6:30 PM  
Blogger Pierrot said...

Magia:

É uma honra ter-te por cá.
Já já te tinha lido por alguns blog'se em função do que escreves e de como escreves, guardo-te muita consideração. Confesso que nunca pensei que por cá te sentasses a ler.

Sobre a felicidade, é a tua perspectiva, que de resto até concordo grosso modo e mais não digo.

Quanto aos rótulos que se impoem as pessoas ou que elas próprias se impõem, detesto-os.
O comentário de que falas foi uma espécie de brincadeira. Diria que somos diferentes até ao dia em que os diferentes passam a ser como nós. Aí perdemos a diferença e passamos a ser mais um anónimo na multidão.

Certo ;-)

Abração e gostei de te ter por cá.
Eugénio

6:37 PM  
Blogger Isabel said...

Ser feliz para mim que já vi a morte é estar viva e sentir a vida a pulsar dentro de mim.
É estar preparada para morrer, mas morrer VIVA.

Isabel

6:40 PM  
Blogger mnemosyne said...

Felicidade....encaro-a não como um destino mas sim uma viagem e enquanto viagem...criação.

A felicidade é feita de momentos e a vida ensinou-me, entre outras coisas,que olhar-me no espelho e ver o meu rosto envelhecer, com todas as marcas que nele cabem, por si só já é uma felicidade :) Um beijo

7:56 PM  
Blogger BroTTas said...

ser feliz é: estar vivo com a minha familia, poder apreciar o que há de belo na vida, sorrir ao ver o nascer ou por do sol...

8:14 PM  
Anonymous temp_nua said...

Menino Eugênio, queres saber o que é felicidade? É o que senti em meu aroma, ao ler teu comentário, sempre querido nas palavras, sempre presente do outro lado do oceano. Falas do que escrevo por lá, mas vc tem o dom maravilho da escrita, que poucos tem.
Te deixo um beijo
Um ótimo fim de semana
Fica bem
Temp_nua

9:23 PM  
Blogger Maresi@ said...

Ola Eugénio boa noite...

...passei por aqui para te "ler e sentir"....
Ser feliz é isso mesmo...!Podermos estar calmamente a ler algo bonito, de quem gostamos, sentirmos que estamos a ser compreendidos... Ser feliz é muito relativo...Acredito em momentos fugazes de felicidade...esses sim!
Dar...sem esperar nada em troca;
um soriso duma criamça; um simples mas sincero abraço...na altura certa; uma troca de olhares..mais profunda!Momentos curtos, fugases..."especiais"....

Deixo aquele beijo suave____Maresi@

11:53 PM  
Blogger Vera said...

Que desafio engraçado...
Para mim ser feliz é ter um amor verdadeiro! É ver a minha filha sorrir! É ter Amigos, ter saúde, um trabalho que gosto, ser livre e andar sem medo!
Para mim a felicidade não existe! Há é momentos de pura felicidade! E eu dou-lhe muito valor quando os tenho, porque conheci demais a infelicidade!
Um beijo para ti! E já agora responde também ao teu desafio!

12:07 AM  
Blogger belakbrilha said...

Obrigada por teres passado por o meu cantinho, comecei há pouco ;-)

...e como já o disse, são palavras soltas que por vezes saem de mim!!!

Ali tentei responder a esta pergunta difícil…sentindo!

Mas continuo sem resposta...concordo com Fernando Pessoa...ser feliz é ser autor da sua própria história...nem existe outro autor???... é caminhando, tropeçando, caindo, mas levantando sempre, com vontade renovada para continuar...esse mesmo CAMINHO!!!

...agora continuo com a mesma pergunta, que não foi respondida pelo que lançou o repto
…e o QUE É SER FELIZ???...

Fica bem…

10:12 PM  
Blogger GK said...

É "exactíssimamente" o que diz a citação. E não é fácil.

4:17 PM  
Anonymous Anonymous said...

...ser feliz é pura e simplesmente ESTAR FELIZ.

xxx
Se sempre ou se de vez em quando isso é discutível de pessoa para pessoa, porque afinal as coisas discutem-se, civilizadamente.
Se agora ou depois, se ali ou aqui, se nunca ou sempre...ser feliz ou estar feliz pode ser um instante ditado por determinado substância química produzida pelo nosso cérebro e "acariciada" pela nossa alma.
Um prazer vale pelo que é pelo momento eterno em que dura...se durasse sempre provavelmente não seria um prazer mas uma constante qualquer com outro nome...porque quando se tem tudo não se pensa que se pode desejar mais...e se não se consegue desejar mais nada não é isso uma tristeza?
Agora, há uma forma de se estar feliz...uma atitude de serenidade e de bem estar para com a vida...

Como é que nós polvilhamos a vida?Amor, "cravo e canela"...sorrisos e brilhos nosolhos.

Óptimo post, pierrot colorido.

Beijos da susana júlio

7:15 PM  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Não consigo...
Estou ali..
Inércia.
Talvez.
Desejo.
Algum.
Ansiedade.
Toda.
Mas.. não consigo.
Sair.
Dali.
Quero.
Sim, quero.
Mas..
Não consigo.

4:24 AM  
Blogger Mina said...

Ser feliz é viver e saber viver, que é o que muitas pessoas não sabem ou conseguem fazer. A partir daí, tudo o resto pode acontecer :)
Boa semana!

11:02 AM  
Blogger Pierrot said...

Zélia:

E os teus comentários trouxeram-me felicidade, sem dúvida.
Gostei de te rever.
Bjos daqui
Eugénio

3:20 PM  
Blogger Pierrot said...

Isabel:

Um pouco trágica essa definição mas em ultima instância, não deixo de também achar que ser feliz é estar vivo, por si só.

Bjos daqui
Eugénio

3:22 PM  
Blogger Pierrot said...

Mnemosyne:

Sim, no fundo esse "envelhecer" é estar vivo, ao cabo e ao resto.
E saber estar vivo, saborea-lo constitui felicidade.
Bonitas palavras.
Bjos daqui
Eugénio

3:23 PM  
Blogger Pierrot said...

Brottas:

Idem idem aspas aspas.
Estás em perfeita conssonância com a Isabel e a Mnemosyne.
Gracias por passares por cá.
Abraço
Eugénio

3:25 PM  
Blogger Pierrot said...

Temp_nua:

Sempre tão agradável e rica em elogios...olha que assim habituas-me mal ;-)

Bjos daqui e gracias
Eugénio

3:26 PM  
Blogger Pierrot said...

Maresia:

Felicidade igual a vivência de coisas simples, triviais até, mas sentidas e olhadas com olhos de quem vê...
Giro
Gracias
Bjos daqui
Eugénio

3:48 PM  
Blogger Pierrot said...

Vera:

Ainda bem que a felicidade não existe para ti pois dessa forma a sua busca é incessante e infindável.
Gira perspectiva.
Bjos daqui e gracias
Eugénio

3:50 PM  
Blogger Pierrot said...

Belakbrilha:

Ser feliz é um pouco de tudo o que já foi dito neste cantinho, de uma forma tão rica e sentida.

Eu dava o mote dizendo que para mim ser feliz era ser capaz de me tornar autor da própria história.
E ser autor da própria história é ser capaz de mudar os seus próprios ventos, de içar a sua vela e partir sozinho quando assim tem de ser. É ter muitas vezes a coragem de rir e de chorar se para isso é preciso para se sentir melhor, se sentir feliz.
É ser capaz de se levar para a magia de um momento feliz sem receio da infelicidade futura que por aí poderá vir.

Ser feliz é poder dizer, na hora do "juízo final" que fez tudo o que queria e que não se arrepende do que se fez mas sim daquilo que não teve coragem de fazer.

Não sei se respondi à teu desafio, que era também o da Vera mas pelo menos deixei o que me ia na alma.

Gracias pelos teus comentários.
Bjos daqui
Eugénio

4:03 PM  
Blogger Pierrot said...

Gk:

Não é dificil...
É impossível diria eu...
Mas vale a pena viver a tentar ;-)

Bjos daqui

Eugénio

4:04 PM  
Blogger Isabel said...

Vim aqui hoje para te fazer um pedido, pois muito pzezo a tua opinião.
Gostava que lesses a história que comecei a escrever.Tem por titulo "Começar de novo" e começa com um excerto do primeiro capitulo, CARLOS.

Ah, e acredita que para mim estar viva, no sentido de me sentir mesmo muito viva,nada tem de trágico.

Até breve.

Isabel

4:10 PM  
Blogger Pierrot said...

Susana:

Ainda não me recompus da noticia do encerramento da tua Teia.

Não é seguramente uma noticia que me deixe feliz. Mais do que um hábito e um tempo já habitual no meu dia a dia, era um local de culto, de leitura, de reflexão.

Tenha pena e espero com ansiedade que rapidamente edifiques um outro espaço onde possa retomar este meu "vicio".

Gracias pelos teus comentários, sempre bem vindos e tão serenos.

Espero que sejas feliz pois isso quer dizer que estarás feliz.

Bjos daqui

Eugénio

4:10 PM  
Blogger Pierrot said...

Estranha pessoa esta:

Escreves como se soluçasses...
Parece quereres gritar mas a lágrima e a angústia funcionam como uma mordaça que te impede de ser feliz.
Levanta-te aí, lá no fundo do jardim, quebra essa grilhão que te prende e voa, sê feliz.

Gracias pelo teu desabafo.
Bjos daqui
Eugénio

4:12 PM  
Blogger Pierrot said...

Mina:

Saber viver é tão dificil.
Confundimos isto todos os dias, com o saber sobreviver...
Nade de mais avisado escreveste tu...

Gracias e bjos daqui
Eugénio

4:14 PM  
Blogger Pierrot said...

Isabel:

Lá irei, com muito gosto e muita honra.
Bjos daqui
Eugénio

4:14 PM  
Anonymous Anonymous said...

TAlvez a Teia precisasse "espantar" algumas outras teias...ou desembaraçar-se de algumas confusões...o Tempo logo o dirá, se é esta Teia ou se será outra...ou até mesmo nenhuma. Mas há cantos que não deixo de visitar. Pessoas de ler...as cores do Pierrot sempre compuseram a Teia, é um facto...seja como for, ainda há por lá alguns amigos que deixam post para esticar mais um pouco os fios da Teia; neste momento colocaram lá um Fora da Prateleira que podes ir visitar.
Há coisas no mundo virtual e da blogosfera que começam a saturar, para além do viciar...e eu como não gosto de sentir fios presos...corto ou tento cortar nos momentos certos. Enquanto é uma distracção óptimo...mas pressão...nem por isso.
Estar feliz...pois, como tudo se prende umas coisas às outras, neste momento estou como o tempo. Cinza. Se ele é feliz ou não...não sei. Eu não estou. É verdade...talvez isso se prenda também à Teia, ou como razão do pseudo fim da Teia.
Mas agradeço-te as tuas sentidas palavras. Tocaram-me.


Deixo-te um beijo algures daqui.

SJ

4:54 PM  
Blogger Su@vissima said...

Ser FELIZ...é estar aqui...

Saber dar e receber
Sentir a alegria crescer...

Dançar no verde mar
Ouvir risos de criança
Misturados com a esperança.

Voar com as borboletas...
Ser luar de Lua cheia
E passear de mão dada pela areia.

É amanhecer ainda mais feminina...
É sorrir-te na minha memória
Quando me lembro da nossa história.

Ter coragem para dizer não e sim!
Ter saudades daquele abraço
E deitar no seu regaço.

É Flutuar no aroma da noite...
É sentir o Sol na pele
Da tua voz que me chega do mar.

É sentir que o teu olhar me abraça
E ficamos os dois, no tempo que não passa.

(A felicidade está em cada momento, em que eu SOU...ESTOU e DOU)

Aii...tanta para dizer sobre uma emoção tão simples:)

Um beijo daqui.

8:41 PM  
Blogger RealSmile said...

ser feliz.. ora aí está uma questão pertinente e que nos faz pensar em 1001 coisas :)
para mim, a felicidade é algo vivido num sorriso, num abraço, num beijo, num carinho e até numa lágrima de pura emoção. É decerto algo momentâneo e não permanente, isto tudo devido à nossa constante insatisfação e à nossa eterna busca por "mais"..
Beijinho *

10:55 PM  
Blogger Kalinka said...

Ser Feliz?
Não sei o que isso é...

Tive uma recaída e, de novo, em casa e de cama...levantei-me só agora, vim até aqui para não me sentir tão só e abandonada.
A solidão é terrível nesta fase.

O fim de semana estragou tudo, porque em mim uma recaída era de esperar, mas com a desilusão e mau tempo que apanhei, fui a pique por aí abaixo.
Beijo.

1:24 AM  
Anonymous Secreta said...

Ser feliz é ... hm ... alguém me ensina ?!
Beijito.

11:13 AM  
Blogger venus said...

ser feliz é:
acordar de manha com o corpo a gritar por mais um dia cheio de viveres;
é vislumbrar o sorriso dos que amamos;
é olhar-me no espelho e reconhecer o outro eu, mimá-lo, senti-lo e desejá-lo;
e passear no meio do nada com a sensação de que temos tudo;
a felicidade é acima de tudo concretizar os sonhos, trilhar caminhos, emanar sorrisos e colher as flores da vida que nos vão rodeando nos canteiros dos jardins por onde passamos...
beijos

5:10 PM  
Blogger Xanusca said...

:O porque é que o meu anterior comentario não aparece? Andas a apagar-me???
Monstro...

5:48 PM  
Blogger Pierrot said...

Xanusca:

Por favor, juro-te que não tenho qualquer responsabilidade em "apagões" aos comentários dos meus ilustres blogistas.
Nunca apaguei nenhum e confesso a minha triste ignorância; não faço ideia como se faz isso...! :-/
Eles aparecem aqui e pronto.
E mesmo que soubesse não o faria pois até já fui alvo de alguns criticas desagradáveis, injustas e gratuitas e não apaguei.

Por favor, acredita em mim :-(
E logo tu xanusca, alguém por quem tenho tanta estima...

Peço-te por isso que voltes a postar aqui o comentário, seja ele agradável ou não.

Pleeeeeeeeeeeeease
Bjos daqui, de um Pierrot triste mas inocente.
Eugénio

5:54 PM  
Blogger Pierrot said...

Su:

Lindas palavras estas as tuas.
Fico feliz por sentires que assim tem de ser, ainda que triste por ver partir a Teia...e por certo que lá irei de novo ver o que postaram pela ultima vez...

Espero por isso encontrar-te numa nova Teia, com a forma que melhor te aprouver, mas certamente imbuída do mesmo espirito...

Bjos de um Pierrot saudoso.
Eugénio

6:17 PM  
Blogger Pierrot said...

Suavissima:

Mas olha que me conseguiste pintar um quadro lindissimo sobre a felicidade...

Quase nem precisava imaginar tal é a perfeicção da tua descrição.

E concordo contigo quando pareces dizer que ainda não descobriram as palavras adequadas a definir felicidade...

Bjos daqui e bem hajas Suavissima
Eugénio

6:19 PM  
Blogger Pierrot said...

Vá lá Kalinka:

Então...

Tal como acredito que a felicidade se compõe de momentos fugazes e passageiros também a infelicidade não passa de pequenos piscares de olhos.

Tem fé e luta por te animares kalinka...
Gostava de te poder ajudar mais mas confesso que não sei como :-(
Passarei pelo teu blog com mais calma assim que puder.

Bjos daqui
Eugénio

6:22 PM  
Blogger Pierrot said...

Realsmile:

Li algures de F.Pessoa que ser feliz pode ser viver sem conseguir...

E de facto, é dessa busca constante de que falas que configura o ser feliz.

Adorei ter-te por cá.
Bjos daqui e gracias
Eugénio

6:24 PM  
Blogger Pierrot said...

Secreta:

Infelizmente acho que não se ensina mesmo...

Acho que não vem em nenhum manual.

Mas pode sentir e acredito que se note a diferença, que se sinta a sua passagem ;-)

Bjos daqui e gracias

Eugénio

6:25 PM  
Blogger Pierrot said...

Venus:

Ser feliz e acordar com o corpo a gritar por mais...
Coisa linda esta tua definição...
Acho que ninguém teria dito melhor...

Gracias pelas tuas palavras tão amáveis.
Bjos daqui
Eugénio

6:27 PM  
Blogger Bel said...

São momentos, é calma, tranquilidade é querer bem e bem querer, é amor, é sorriso. è ser feliz
beijo

9:25 PM  
Blogger João JR said...

Olá Eugénio,
Cheguei cá através doutro espaço que visitei e tive uma agradável surpresa..gostei do que li e do que vi por aqui! Parabéns pelo teu canto tão acolhedor:)
Quanto à tua questão; é relativa..Tão simples e tão complicada por vezes...ser feliz é um conjunto de momentos e situações que a vida nos brinda. Às vezes não vemos que a felicidade está mesmo ao nosso lado..e outras não queremos ver que ela não existe onde gostaríamos que existisse.
Por isso, eu vivo um dia de cada vez, e aproveito cada belo momento que a vida me dá, e sorrio sempre, principalmente quando as provações e os obstáculos teimam em não largar..e é só aí que crescemos muito interiormente e damos o valor exacto ao que é Ser e estar feliz!
Vive cada dia como se ele fosse o último e serás sempre feliz..é tudo o que te desejo!
Voltarei aqui mais vezes,
beijinhos

11:18 PM  
Blogger Xanusca said...

Já não me lembro exactamente como o disse, mas tinha qualquer coisa a ver com aquilo que mais prezo, a minha liberdade!
Liberdade de escolha, e eu escolho sempre ser feliz!
E não é assim tão dificil como parece ;)

8:19 AM  
Blogger Pierrot said...

Bel:

E é... e é... e é :-)

Ser feliz é pelo menos sonhar todos os dias com isso né!

Gostei de te ter por cá.

Volta sempre

Gracias e bjos daqui
Eugénio

11:27 AM  
Blogger Pierrot said...

João Jr.:

Antes de mais, um beijo enorme de boas vindas a este espaço.
É sempre bom manter "velhas amizades" mas não é menos bonito ter caras novas, novas palavras e novas sensações para nos sentarmos aqui a ouvir.

Quanto ao teu feedback, sem dúvida que, na linha do que tem vindo a ser dito, ser feliz passa muito pelo carpe diem. Estou absolutamente de acordo...
E sabes que mais, hoje, com este sol, estou com ganas de esmifrar este dia :-)

Bjos daqui
Eugénio

11:31 AM  
Blogger Pierrot said...

xanusca:

Curioso como estas tuas palavras encaixam quase na perfeição na ideia que fazia de ti.
Pelo que li no teu blog, pelos comentários que vais fazendo, fiquei com a justa ideia de que és livre, respiras liberdade, anseias pela liberdade e sufocas sem a liberdade.
Por isso te compreendo que essa tua "rebeldia" erradica na essência da felicidade, ou pelo menos do sonho que tens dela.

Giras palavras e ainda bem que te lembraste do que tinhas escrito, ou da sua ideia.

Volta sempre, e mesmo não tendo sido e o vil autor do dito "apagão", mil desculpas, pois este blog é aqui do je.

Bjos daqui
Gracias
Eugénio

11:34 AM  
Anonymous Marisa said...

Ser feliz ... é uma luta constante,
estar feliz, é uma luta diária...
A felicidade, está em cada um de nós... cabe-nos a nós descobri-la e partilha-la... só assim fará sentido, ser, estar e ter a felicidade...
beijinhos

3:06 PM  
Anonymous Marisa said...

Ser feliz ... é uma luta constante,
estar feliz, é uma luta diária...
A felicidade, está em cada um de nós... cabe-nos a nós descobri-la e partilha-la... só assim fará sentido ser, estar e ter a felicidade... e escrever uma bela história ;)
Beijinhos Géninho

3:11 PM  
Blogger Pierrot said...

Marisa:

Ser feliz é isso...
Ser feliz é sentir o que tu dizes.
Gostei de te ler
Bjos e volta sempre de um Pierrot COMBATente
Eugénio

2:19 PM  
Blogger redonda said...

Esta pergunta é muito difícil! Hoje vou ficar por aqui...
Um bom fim de semana e um beijinho
(PS: estou a gostar muito de ler o que escreves)

7:44 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home